Google+ Meu Mundo: Breathplay - Asfixia Erótica (Parte 1)

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Breathplay - Asfixia Erótica (Parte 1)


ATENÇÃO! ISTO NÃO É PARA NOVATOS!

A Asfixia Erótica (Breathplay) é uma das coisas que se fazem em BDSM, que pode ser de fato perigosa se não houver o mínimo de precauções. Já houve vários relatos de pessoas que morreram devido à má execução desta prática. Por isso, dada à relevância da prática em sim e como nunca é demais relembrar alguns conhecimentos sobre o assunto, aqui fica um texto relacionado com o assunto.

Algumas pessoas gostam de brincar com a privação de ar durante suas cenas pesadas. Isso pode ser simples como apertar a nuca de alguém enquanto o beija profundamente, ou complexo como usar uma carapuça de látex em torno da sua cabeça ou uma máscara de gás sobre uma camisa de força.

Como seu ar é cortado, você sente tudo mais intensamente, deixar alguém controlar sua respiração é algo muito íntimo de se deixar fazer. Uma explicação simples é que a reação natural do corpo quando o orgasmo se aproxima é a respiração rápida e não profunda. Igualzinho a um controle de respiração, mas nem é preciso dizer que muitas coisas podem sair erradas, se você desmaiar e não houver ninguém ali para te liberar e ter certeza que você está respirando, você pode morrer.

Uma maneira simples de começar é tentar apertar o pescoço do seu parceiro gentilmente enquanto vocês fazem amor. Se ele não se sentir bem você vai notar, ele vai demonstrar isso e você pode parar instantaneamente, apenas o soltando.

Em qualquer forma de controle de respiração, é primordial que todo o equipamento seja a prova de falhas e que a respiração do "submisso" seja impedida apenas pela ação direta do "dominante", não por qualquer outra coisa (nó corrediço, máscara de gás, etc.) que poderia continuar a obstruir o ar se por acaso o "submisso" desmaiar de uma hora para outra.

Como eu já disse no começo, muitas pessoas morrem todos os anos praticando a "asfixia autoerótica" na qual a pessoa se masturba enquanto restringe sua própria respiração. Numa noite a pessoa demora muito para tirar o saco plástico da sua cabeça ou notar a pressão no seu pescoço, apaga e morre.

Alguns pensam, "Bem, brinque apenas com um parceiro se você quiser perder os sentidos". Entretanto, perder a consciência, mesmo que por um momento pode engatilhar e causar parada cardíaca. É por isso que fazer seu "submisso" desmaiar é com certeza algo bem mais arriscado do que você pensa.

O mesmo serve para a anestesia. Algumas vezes as pessoas pensam, "Hmmm, vai ser legal se eu puder drogar meu parceiro (como no cinema) e ele vai acordar todo amarrado!" Mesmo que seu parceiro goste dessa ideia, não a use! Porque não há maneira segura de forçar alguém a ficar inconsciente, os anestesiologistas gastam suas vidas aprendendo como fazer isso, com o melhor equipamento e mesmo assim erros ocorrem.

Não brinque com éter, clorofórmio ou sufocamento até a inconsciência... A menos que você e seu parceiro queiram realmente correr risco de vida, de resto aproveite bem a pratica!



Abaixo fica uns vídeos (+18) demonstrando como funciona, o primeiro é um vídeo amador, o segundo é cena de um filme chamado Killing Me Softly (Mata-me de prazer por aqui) onde é usado um lenço para a asfixia.

Vídeo 1

Vídeo 2

E isso continua...
blog comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...