Google+ Meu Mundo: Um pouco sobre mim

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Um pouco sobre mim

Débora em Hebraico

Farei um post falando por cima um pouco sobre mim, já que sempre me perguntam algumas coisas no facebook, então aproveitarei pra esclarecer varias duvidas. Esse era um post que era pra ser postado dia 7 de setembro, meu aniversário, mas pela correria e outros motivos não consegui postar, resolvi então que iria arquivar, mas acabei mudando de ideia de novo e vou postar rsrs, aproveitei para dar uma incrementada no texto e falar sobre o blog também.

Eu tinha 10 anos a exatamente 10 anos atrás. Me lembro bem daquele tempo, porque teve inicio um processo de amadurecimento muito profundo em minha vida. Concretamente, o que aconteceu foi que consegui romper com um certo tipo de vida, a começar por minha casa, cujo clima não estava nada bom por causa das minhas atitudes, que eram bem diferentes das que meus pais esperavam de mim. Em casa as palavras de ordem eram sempre as mesmas: "você não pode andar por ai sozinha", "não deve andar com essas roupas", "não deve usar drogas".

Foi exatamente aos 10 anos que comecei a bater de frente com tudo que era me imposto, comecei a testar tudo, matava aula e tudo que eu queria era ficar na rua, conheci pessoas diferentes e deixei de ser a "Patty" que frequentava festinhas onde o importante era sempre andar bonitinha, perfumada, festinhas de alta roda onde pesava o sobrenome, algo todo ligado à ascensão da classe média e me tornei um "bicho grilo".

Encarei um super processo de autoconhecimento, deixei de olhar o mundo com olhos fantasiosos e lembro que no meu novo círculo de amigos havia uma necessidade enorme de compreensão, de entendimento. Ao mesmo tempo, havia uma desconfiança dos que não pertenciam à turma. Uma das formas de expressão usadas era pichação e a musica (rap, hard rock, punk, ska), o que me fez ver que o mais sensato seria autoridades em vez de reprimir, bater, prender. Ouvir o que os jovens têm a dizer, afinal eles são o resultado das decisões tomadas pelos "mais velhos".

Embora não seja muito velha ainda sou do tempo que havia muita revolta no ar, a gente brigava, por exemplo, para transar antes do casamento. Hoje os jovens não brigam mais por isso, atualmente vai se transando livremente e quase sempre sem se saber por que esta transando. Acho isso perigoso, pois se acaba fazendo a coisa por fazer, porque é moda, sem se questionar se vale a pena ou não. Na minha época era preciso ser claro e direto para se dizer o que queria. Por isso, a gente vivia se falando o tempo todo, conversando, trocando ideias, tentando nos compreender. E não descarto o que minha geração aprendeu com relação a um ideal humano, mais relaxado. Sou fruto de tudo isso.

Quanto ao blog ele nasceu com a intenção de passar meu tempo rsrs, em 2010 eu tive câncer no útero como relato aqui e ele foi criado no tempo em que eu fiquei de recuperação pois eu não podia nem andar, seriam 3 semanas de puro repouso com um corte na barriga maior que uma cessaria. Sobre os assuntos começando com textos, 1º detesto machismo e seus afiliados, 2º adoro sexo (sim, tenho vagina, tenho tesão, sou uma mulher normal), sobre musicas, filmes e etc... Já esta na descrição do blog. Por enquanto é só que eu to com preguiça de escrever já, qualquer coisa pergunte. =)
blog comments powered by Disqus