Google+ Meu Mundo: Mulher que ama fica úmida

sexta-feira, 11 de março de 2011

Mulher que ama fica úmida



Mulher que ama fica úmida
faz água
tem nos olhos um brilho molhado
de lágrima perdida
intenso como vidro lavado
No fundo da mulher que ama
há ternuras líquidas
desejos derretidos em doces resistências
afetos quentes escorrendo dentro
paredes meladas
rios invisíveis
que nascem da sensação de amar
Cristalizações se dissolvem
o que era duro passa a ser macio
o que era pesado leve
o áspero suave
Num certo ponto
mulher que ama arrebenta
vaza por tudo


(Dois Santos dos Santos)


Via:http://www.entrepernasentrelinhas.com.br/
blog comments powered by Disqus