Google+ Meu Mundo: 4 Anos de Casada *--*

terça-feira, 20 de março de 2012

4 Anos de Casada *--*


Não sei bem como começar esse texto. Pensei em escrever como foi bom ter encontrado... Mas isso já é muito clichê. "Eu amo você" talvez não, pois tenho escrito demais sobre isso, pensado sobre isso, dito demais sobre isso. É amor... Meu coração já não parece suficiente pra guardar tanto sentimento assim.

Eu vivo me perguntando o que você viu em mim, eu toda imperfeita, mas tenho você, a pessoa mais valiosa do mundo inteiro. A pessoa que tem defeitos e qualidades impossíveis de não se apaixonar. Andei me vasculhando hoje, e tudo que vasculhei vinha você, vinham detalhes de nós dois... Coisas tão simples, mas tão lindas! Me lembrei do seu jeito de me provocar, das nossas brincadeiras, das nossas brigas de quem ama mais, do seu jeito de me fazer ciúmes e de me deixar possessa com você. Tantos momentos meus e teus, tantas coisas, tantas promessas... Tem aquelas de ficarmos sempre um do lado do outro, de não mentir um pro outro, de não abandonar o outro. Sou imperfeita pra caralho meu amor, toda chata, toda boba, toda quimera lasciva, toda irritadinha. Mas quero te pedir, me deixa te fazer feliz e ser pra você o melhor do resto da nossa vida.

É incrível a maneira que cheguei a te amar. Eu ainda não consigo compreender esse amor, mas é tão bom senti-lo, o melhor é saber que é correspondido. Às vezes eu sinto um medo de te perder. Sinto esse medo ao extremo. Tudo que eu mais quero é você. Tudo o que eu preciso é você. Amor, eu sei que às vezes pareço não me importar... Mas acho lindo quando vejo você fazendo planos pra nós dois. Acho lindo quando fala que quer se casar de novo comigo, que deseja morrer ao meu lado e eu acho mais lindo ainda quando com seu jeito você diz que me ama. Às vezes te respondo de uma forma estranha com um também te amo ou um sorriso, a verdade é que eu te amo demais, muito mais do que você imagina. Muito mais do que você pensou que eu fosse capaz de amar, você é tudo pra mim, e me desculpe por às vezes demonstrar de maneira errada, e mesmo sendo complicada desse jeito, eu continuo sendo só sua.

Bulldoguinho eu te amo, do meu jeito atrapalhado, mas amo ♥Luciano Tôrres

blog comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...